domingo, 19 de abril de 2009

Uma falta que é só minha


Porque com cachorro é diferente. Os animais podem não pensar, nao raciocinar como nós.. mas eles sentem igualzinho a gente. Apesar de não entenderem, algo neles deve permitir uma falta que talvez não saibam o que venha a ser. Quando você cuida, você ama ou quando você é cuidado e amado, não mais quer sair daquele lar e se isso, lamentavelmente, acontece.. ambos sentem falta um do outro. O que importa não é o local ou a estrutura no novo lar, mas quem lá está. E amor não se transfere e nem se adquiri de uma hora para o outra, o cuidado e o zelo nunca será o mesmo. Eu choro de cá e ela, minha cadelinha, encontra-se lá... bem distante de mim.

Lu Rosário (+ Pretinha, em foto tirada no mês de Fevereiro)

5 comentários:

espelhodesombrras disse...

Olá Lu da vida agitada, né só tua cadelinha que sente falta de tu não, meu bichim,e tô torto de saudades.
beijos
João Costa
filho

Pablo Feliciano da Silva disse...

até que enfim...



preta, preta, pretinha...



bjo

Escorpyana disse...

Oh menina estava com saudades tb.Puxa que chato ser alérgica a chocolate,pelo menos essa alérgia eu não tenho..rsr.Tenha uma semana deliciosa,
beijussssssss

F. Reoli disse...

Eu tinha um cachorro que me ouvia... bebia e fumava comigo e compartilhava até mesmo em lágrimas de noites com ou sem lua... depois que ele se foi é que aprendi a ser só...
Beijos

Secreta disse...

A saudade doi e é muito dificil de superar.
Beijito.

Copyright © 2014 | Design e C�digo: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo