quinta-feira, 30 de julho de 2009

Calo


No passo cado
tato fado
Remanescente foste o silencio
Acabrunhado perante o celeste

Estado raso
Esquece faz-se
Caraio lato
Nasceste certo
Sobreviveu do lado errado


Lu Rosário


Esta foto é na cachoeira de Tiburtino, em Mucugê, onde estive esses dias

8 comentários:

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Aah, o final. Fico maravilhoso!

até mais.

Jota Cê

A Magia da Noite disse...

às vezes é o lado errado que nos conduz, mas também por aí há uma forma de ir, nem que seja a lugar nenhum.

A.S. disse...

Lu...

Quantas vezes o lado que julgamos errado nos surpreende!!!


Meus beijos...

* Simoni * disse...

Lu Lu Lu... a encantadora Lu!

Afff...

Escorpyanna disse...

Que linda paisagem e adorei o jogo de palavras,é musical,por falar nisso,estou te convidando para uma festa la no mysturas,venha dançar,rir,beber e me dizer qual sua música preferida.Tenha uma semana deliciosa,
beijussssssss

Secreta disse...

O importante é que sobreviva...

F. Reoli disse...

Poesia é foda porque dependendo da subjetividade, você pode encontrar o sentido que quiser... é o que mais adoro em suas letras. E quanto a foto, belo registro.
Beijos, linda

F. Reoli disse...

Oi Lu... saudade de te ler, vamos atualizar essa bodega...rs
Beijos

Copyright © 2014 | Design e C�digo: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo