sábado, 13 de novembro de 2010

Com amigos, pode!

Normalmente, pensar em amizade é cultivar o respeito e o carinho do outro, tê-lo como um irmão confidente, zelar e desejar-lhe bem. Nesse sentido, costumamos dizer que amigo é um irmão, ainda que não compartilhe do mesmo sangue. Pensando nisso e nessa convivência prazerosa, chamada amizade, poderíamos dizer que há uma espécie de amor, cujas determinações podem variar. Segundo Quintana, a amizade é um amor que nunca morre, e eu concordo com tais palavras.
Certamente, a palavra amizade relaciona-se com o amor fraternal, no entanto, há casos em que esse amor toma outros contornos e se torna erotizado, com ares de desejo e atração sexual. Nestes casos, surge o medo e a sensação de que investir no relacionamento pode não dar certo e, ainda por cima, dar fim aos laços afetivos de amizade antes estabelecidos. Encontrar-se em uma situação dessas não é fácil, deixa qualquer um louco de tesão e razão. Então, há duas alternativas para sair de uma enrascada dessas: primeiramente, se a pessoa envolvida não percebe e nem nunca sentiu que o outro corresponde aos seus olhos, segredos e desejos - ou você tenta esquecê-lo por conta própria ou se declara e ambos entram em um consenso (ficar ou não ficar); a outra alternativa é quando o casal mantem uma comunicação aberta, na qual as conversas são permeadas de duplos sentidos e falar sobre sexo é como falar de comida, roupa e perfume, em outras palavras, ambos são maduros o sufiente para encarar uma relação sem se ferir. Pois é, nesses casos o que se tem a fazer é beijar e se permitir, saber que tem fodas bastante necessarios e que a amizade não vai acabar por causa disso, pelo contrário, vai se fortalecer. Pensa aí: o cara te conhece em todos os sentidos, ou vice versa, e pedir conselhos torna-se bem mais fácil. Só não esqueçam que "dar uma" não é o mesmo que usar e depois largar, sem contar que transar com horario marcado é o que há de mais broxante. Portanto, se joguem e deixem as coisas acontecerem naturalmente, caros leitores e leitoras! Solteirice e amizade podem formar uma bela combinação, de pernas e braços entrelaçados.

Lu Rosário


Esta publicação pertence à categoria Sexo. Todos os textos publicados sobre essa temática, encontram-se aqui. Sinta-se à vontade para conhecer os outros textos concernentes à esta categoria.

8 comentários:

M. disse...

Amizade Colorida: o termo é tão antigo, mas o que importa é que a coisa funciona bem! (E como!)
Maturidade é a palavra chave: tem que haver dos dois lados. Para além de uma provocação básica, tudo rolando naturalmente, concretizando o teor das conversas, uma sacanagem, e a cumplicidade que só amigos podem ter!
Como sempre, genial Lu Rosário! Até redundância elogiar aqui...

Lázaro Barbosa disse...

Por isso que eu adoro essa neguinha! Aaaaaaai, se eu pudesse e o dinheiro desse... aiehoiuaheuiaheiaheoiaheuoehoui

Saudações verdes

Lázaro

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

É o famoso fuckbody.

JC

* Simoni * disse...

Adooooooooooorrrrrrrrrroooooooooo... Tem mesmo é que cair pra dentro...hahahahah...

Jade Amorim disse...

Ah, eu já tive um amigo que se afetuou de outra maneira por mim, e é complicada essa situação.
Agora, se a amizade é madura o suficiente para resistir a um cálido romance, opa, porquê não?
Adoreeei!

Beeijos!

João Costa Filho disse...

Querida Lu, minha poeta agora dá aulas estruturais-eróticas entre amigos? Por mim tudo bem, but I think: que só umazinha, umazinha e pronto, está declarado que: ou vão se dar mui bem e tornar-se os amantes de Verona, ou o bicho vai pegar para um dos lados, ou para ambos. E tenho dito...
Quanta saudades de minha querida poeta e amiga
muitos beijos
João Costa filho

Secreta disse...

Passo para te desejar um feliz 2011.
Beijito.

COMPOSITORWEL disse...

COM RELAÇÃO A MULHER AMIGA. Eu não sou de me apaixonar por minhas amigas, sou muito servidor e acabo abraçando as causas dos meus amigos, com isso acabo criando laços muito fortes de amizade, mais como somos “bichos” rsrsrs... nada é impossível dependendo do local, oportunidade e ponto fraco rsrsrsrs... É o choque na hora certa, o verdadeiro bote que nos deixa sem ação e nos permite ser levados rsrsrsrsrs...

Copyright © 2014 | Design e C�digo: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo