terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Saudade Crônica Incontestável

Algumas pessoas costumam ser acometidas por algo que vai além do que esperam, cujos sintomas percorrem todo o corpo. Uma delas, discutida cientificamente e claramente percebida pelas pessoas, é a Saudade Crônica Incontestável (SCI). Certo que nunca tenha ouvido falar desta questão, que acarreta problemas fisiológicos e psicológicos, mas tenho quase certeza que você já deve ter sentido. Afinal de contas, faz parte de todo ser humano. A SCI ocorre de um indivíduo em relação a outro após contatos fervorosos e cujas lembranças o marcaram. Após este primeiro (ou primeiros) contato (s), pode ocasionar palpitações no coração; lágrimas nos olhos; vontade de ver a lua, de ler poesia e de abraçar o travesseiro; sorrisos incontroláveis; sensações de perfume; conversas aleatórias sozinho por sonhar muito alto; querer ligar o tempo todo para a pessoa e desejar ter milhões de bônus todos os dias no celular; ficar esperando ansiosamente para o nome da pessoa surgir na barrinha do msn; olhar os e-mails todos os dias religiosamente; ter vontade de tornar-se rebelde e largar tudo para ficar ao lado dele (ou dela). Enfim, se a pessoa a quem você sente tamanho afeto morar em outra cidade ou país, o caso se agrava e a solução é procurar todas as alternativas para ficar ao lado dele ou dela, claro! Uma observação importante deve ser feita, se a pessoa que você ama ou está apaixonada não responde positivamente ao seu sentimento... é melhor pular fora, ou seja, não alimentar os sentimentos nem permitir a emergência dos sintomas citados aqui porque eles podem vir a causar outros efeitos, com sentidos inversos e causar dores profundas ao coração e à alma. Então, nesse caso, o remédio é valorizar-se. Mas, se houver correspondencia e adjacencias, então bons tudos para você e se joga nessa Saudade sem fim porque acabar com ela demora muito e faz um bem danado.


* Algumas vezes, a referência é feito somente às mulheres por meio de pronomes e artigos. Isso se deve ao fato da maioria dos leitores serem do sexo feminino.


Lu Rosário




5 comentários:

Rebeca dos Anjos disse...

Adorei o texto! Fiquei um tempo pensando aqui...

Saudade é negócio que dói. Parece sempre com vida não vivida, credo.
Gosto não.


Bjs, Lulu!

Luís Gustavo Brito Dias disse...

- somente alguém que vive ou viveu tão profundamente para conseguir descrever também a SCI.

ps: de fato, a SCI está atrelada unicamente à paixão e ao amor - e mesmo na não-correspondência de ambos, ainda sim a SCI pode render quiméricas inspirações, como essa por exemplo.


grande abraço.

Smareis disse...

Saudade dor sem fim, machuca a alma.
Beijos e parabéns pelas postagens abaixo também grande Lú.

Beijos!

Anônimo disse...

Curioso lu, acho que você passou SCI para mim, porque toda vez que nos vemos, logo depois, quando me afasto um pouco de você, começo a sentir esses sintomas.

bjos
i.

Lu Rosário disse...

Você também passou SCI para mim e, inclusive, foi devido a você que eu cheguei às conclusões colocadas aqui neste post..rs

Beijãozão,
Lu Rosário.

Copyright © 2014 | Design e C�digo: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo