terça-feira, 12 de junho de 2012

Imperceptível


O tempo não passa
Pára
Estagna
Congela
Repara os danos pensados da hora
Investiga
o centímero momento

O minuto perdido
Contabiliza o segundo retardado
Pesquisa
Instiga
Retoma
Apreende

Não passa,
engana.


Lu Rosário


Esta publicação pertence à categoria Poesia. Todos os textos publicados em forma de versos se encontram aqui. Sinta-se à vontade para conhecer os outros textos concernentes à esta categoria.

 

7 comentários:

Jade Amorim disse...

Ah, realmente, há momentos em que o tempo para, estagna, não anda de jeito nenhum!

Beijos.

Rebeca dos Anjos disse...

Ele é o senhor.

Filosófico teu poema, Lu! Adorei!

beijinhos!

Jaqueline Cristina disse...

Para mim, o tempo é ilusão, por tal fato engana!

Anônimo disse...

Nossas vidas sempre girando em torno do tempo, as vezes o tempo é amigo, as vezes lutamos contra ele

Pra mim o segredo é respeitar o nosso tempo e em nossas ações aprender a transcender-lo.

bjos i.

Cláudia disse...

Linda poesia!

Lázara papandrea disse...

e põe engana nisso1 o tempo é um ladrão insuportável! beleza de poema Lu!

Fabiano Silmes disse...

O tempo não passa...o tempo pará para observar a nossa passagem...

Copyright © 2014 | Design e C�digo: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo