sexta-feira, 6 de julho de 2012

Perdas não são perdas

Existem perdas que não são perdas, são apenas saudades de alguém que não verá mais. Perdas de conviver junto e de compartilhar, ao pé do ouvido, as novidades do dia. Perdas de se elogiar ou criticar as atitudes e modos. Perdas das conveniências e conivências. Mas essas perdas não significam um todo. Os todos são conjuntos fechados, amplidões inexatas. O todo das perdas é repartido, tripartido, quatripartido e tantos partidos que são. E nessas partições todas o que existe é saudade. E a saudade é esta que, segundo Quintana, faz as coisas pararem no tempo.

Lu Rosário



Esta publicação pertence ao Prosas Poéticas. Todos os textos publicados em forma de prosa e contada de forma poética se encontram aqui. Sinta-se à vontade para conhecer os outros textos concernentes à esta categoria.


6 comentários:

Paolla Milnyczul disse...

Porque perdas são importantes e fazem parte de um círculo da vida do qual ninguém escapa, recolho-me quando perco, recolho-me quando me perco... para depois estar melhor!...
São inevitáveis. Impossível fugir delas. Perda é escolha.
Lindo texto!

Paolla

Junior Mathias disse...

Ao ler, lembrei das perdas da época da escola... soh isso!

Andressa Pereira disse...

Poxa, curti bastante o post, em especial lembrei de alguém que já partiu deste mundo..uma perda que não é perda...talvez neh? Acho que esse tipo de coisa se encaixa bem no modo como enxergamos as coisas.

Dá uma passada no meu blog, pode ser que você goste (:

http://dressa-pensamentos.blogspot.com.br/

Dolce Vita disse...

Talvez a saudade seja o último recurso para eternizar o que nos recusamos a perder.

Belo texto, Lu.

Beijos

Jade Amorim disse...

Acho que saudade e perda são tão interligadas que não tem porquê separar, não acha?
Adorei, principalmente a citação do Quintana, admiro tanto ele!

Beijos.

Rebeca dos Anjos disse...

A gente sempre pode escolher pra que lado olhar, né? Toda perda vem acompanhada de um ganho... sendo assim, digo que não há perdas! :)

beijos, lindona!

Copyright © 2014 | Design e C�digo: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo