segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Amor é tudo e mais um pouco!


Não há quem não se derreta após uma pitada de amor. Já imaginou experimentar o amor por inteiro? Pois é, este sentimento que nos arrebata é a prova cabal de que não agimos somente pela razão e de que todo coração pode ser eufórico ou mesmo um pouco louco. Loucura torna-se a palavra ideal para definir os desmandos que tomam conta da gente quando de nossas cabeças só saem corações enfileirados. Ai, Deus, porque todo amor nos tira um pouco e rouba tanto do outro? Amor parece até balela ou barca furada, mas nem é... porque quando nos domina, perdemos a direção e retraçamos caminhos. Amar é a forma menos exata de viver e a mais emocionante. Só que amor não se dá apenas por causa do outro, não podemos nunca esquecer que a prioridade é amar a si mesmo. Então Gulp! Que estejamos empenhados em nos apropriarmos definitivamente dele para que outros tenham o seu lugar. Coração é um lugar grande, onde cabe mais de um e onde algumas poltronas ficam reservadas. Que estejamos livres para entregas e todos os sentimentalismos e que engulamos todos os nossos desejos para respirá-los pausadamente. Sejamos, portanto, felizes porque o amor é tudo e mais um pouco.


Lu Rosário


Esta publicação pertence ao Prosas Poéticas. Todos os textos publicados em forma de prosa e contada de forma poética se encontram aqui. Sinta-se à vontade para conhecer os outros textos concernentes à esta categoria.
 

3 comentários:

* Simoni * disse...

Tudo e mais um pouco... linda da minha vida... amo você!

Dolce Vita disse...

É isso aí, Lu: tudo e mais um pouco. Sempre bom ler-te. Beijos querida e boa semana

Por que você faz poema? disse...

Ah, o amor,
que seria de mim sem ele?
Melhor?

Copyright © 2014 | Design e C�digo: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo