domingo, 14 de outubro de 2012

Desejosa


Libertava-se em pernas,
a desordem lhe era essencial

E se permitia às infinitudes da carne
como se esta completasse qualquer sentido


Lu Rosário


Esta publicação pertence à categoria Poesia. Todos os textos publicados em forma de versos se encontram aqui. Sinta-se à vontade para conhecer os outros textos concernentes à esta categoria.


2 comentários:

Paulo Sotter disse...

Se tudo é feito com desejo então certamente completa todo o sentido. Um abraço

Elaine Rocha disse...

Adoro o seu despudor :)

Copyright © 2014 | Design e C�digo: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo