terça-feira, 11 de junho de 2013

Sossegadamente, nua.


Duas horas se passaram e nós estávamos lá em nossa nudeza, rindo como bobos. O sexo foi perfeito porque nos inebriou, nos ofereceu aquela atmosfera única de cumplicidade e intimidade. Não precisávamos de nada, tínhamos o corpo e o que havia de mais simples um do outro. Os olhos dele pairavam perante nosso estado de divagações e desanuviamentos, pairavam por entre nossas mãos cheias de afeto. Nossos cabelos bagunçados e nossas pernas entregues eram vestígios de uma noite sem mistérios. Nosso sorriso leve transparecia o que em nós havia: pureza. Conversávamos feito meninos enquanto ele tocava em meus seios e beliscava de leve a ponta deles, mas eu nem me importava porque o mais gostoso eram as palavras que trocávamos e o carinho que nossa presença exalava um ao outro. Eu me sentia à vontade, sentia-me bem e, se possível, queria prolongar aquele momento ou ficar de olhos um pouco fechados por um minuto para inserir em mim aquele atmosfera única de beleza. Da forma como eu estava, nada mudaria meu humor nem regraria meus modos. Havia um largar gostoso de sentir. Eu olhava para ele e o via nesse mesmo largar, nessa mesma entonação... toda a harmonia que havia entre a gente poderia ser brindada. E um beijinho nos braços, até mesmo nas axilas, uma piada sem graça que ríamos enlouquecidos, um rolar sobre o outro, um chamar de 'besta' e 'louca' que parecia ser só nosso...até ouvir algo na porta a gritá-lo. No impulso para levantar, ele olhou-me com aquelas pérolas (em vez de olhos) e disse: - Deixa, uma hora cansa. Eu simplesmente deixei e ali continuei por mais alguns minutos, sem querer levantar e aceitar que a delícia do momento acabara.

** Inspirado no conto-continuação "Serei moradia, sempre" de Daniel Oliveira, de Espelho-nu.

3 comentários:

Claudio Chamun disse...

fuuu que calor.

Rafaela Figueiredo disse...

Delícia!
Essa sensação de liberdade e relaxamento...

Bjos

Elaine Rocha disse...

Seus textos sempre surpreendendo! Adoro te ler.

Beijo.

Copyright © 2014 | Design e C�digo: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo