quarta-feira, 27 de março de 2013

Depois do 69, já decidi! Vou ligar para 138!

Lembra que, em uma outra publicação, eu liguei para o 69 e expliquei direitinho como era bom lembrar-se desse número em momentos de êxtase? Então, agora meu número de emergência será outro, o 138, conhece? Um número mais extenso por razões lógicas e óbvias, visto que a imagem ao lado já descreve algo do momento. Falando em momento, este assunto não tão conhecido (por essa denominação) está começando a se  espalhar lentamente nos espaços virtuais e tomar conta dos usuários despudorados.

O 138 caracteriza-se pelo sexo à três, no qual há uma conexão oral entre o trio por meio das genitálias. Esta posição também é denominada Daisy Chain que, depois de incansáveis buscas para a sua tradução, significa um método de conexão de um determinado número de dispositivos em um só lugar. Esta tradução insere-se corretamente na proposta que trago aqui, pois quando o 138 é atendido, os três tornam-se um. Apesar da imagem trazer duas mulheres e um homem, a situação pode ser invertida com dois homens e uma mulher, três homens ou três mulheres. Inclusive, se você ainda for mais ousado e quiser incrementar o bolo, pode trazer mais pessoas para a rodada. Se o sexo estiver sendo realizado por mais de três e todos eles estiverem interligados e com a boca na botija, sinta-se no 138.

O 138 sugere a relação a três, mas aposta em conexões maiores. A transmissão de prazer, a loucura do sentir, a imagem de tantos corpos e partes íntimas à mostra e ao alcance proporcionam um maior prazer, altamente compartilhável. Apesar de não ouvirmos falar muito sobre relações sexuais em grupo, elas são mais comuns do que imaginamos. Não ouvimos falar pelo fato de ser um grande tabu. Ninguém que expor aquilo que vai lhe causar julgos e prejudicar moralmente. Nesse sentido, é melhor silenciar e curtir às escondidas do jeito mais proibido e safado de ser. E se estiver com amigos (ou amigas) e achar que está faltando algo ou que o grupo está incompleto, liga para 138 que eu atendo e vou rapidinho. Estou doidinha pela voracidade linguística que nos aguarda e nos conduz em grutas e falos que parecem inexplorados.

6 comentários:

Laiane Albuquerque disse...

Matei a curiosidade!

FRANKLIN galaxy disse...

Achei babado!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Claudio Chamun disse...

O desfecho final é DEZ.
Tu és show garota.

Ricky Oz disse...

Oi Lu!
Gostei desse novo número hein. Mas a minha combinação preferida é a mostrada na foto. Também tenho essa curiosidade, e acho que quem diz que não, está mentindo.
Tá anotado aqui o número, qualquer coisa, eu ligo.

Beijos.

Rafaela Figueiredo disse...

Verdade. Mta coisa referente a sexo ainda é tabu. E vai ser, enquanto a ideia de monogamia imperar nas cabeças e for pregada na mídia religiosa.

Bjo, Lu

Tadeu disse...

O sexo é um assunto interminável...ele reflete aspectos da cultura, da vida econômica e, claro aquilo que temos de mais humano...nossa imaginação...gosto destes tipos de artigo que mostram vida como ela é de fato! Esses artigos ajudam a desmitificar vários paradigmas como por exemplo que os homens são mais visuais...tipos de generalizações que não explicam muita coisa!Ótimo texto Lu! Parabéns!

Copyright © 2014 | Design e C�digo: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo