quarta-feira, 17 de abril de 2013

Indelicadeza


Puxava-os ferozmente,
deliciando-se com sua boca entreaberta e seu gemido suado

Adorava senti-lo, ainda que não fosse por trás
Extasiava-se com o impulso arrastando-a
Percebia a virilidade em suas mãos,
entregava seu corpo e suas manhas sem maior esforço

Nessa indelicadeza,
descobriam o gostoso que é dominar e ser dominada

2 comentários:

Rafaela Figueiredo disse...

Perfeito!!
A gente sabe a delícia [e/ou] a dor de amar assim...

bjs

Claudio Chamun disse...

Fiuuuuuuuuuuuuu

Copyright © 2014 | Design e C�digo: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo